domingo, 21 de maio de 2017

An.dor - 12 º ABCDança- Ribeirão Pires 07/05/2017

An.dor
Obra coreográfica da Cia As Marias.

Criadoras-interpretes: Cristiane Santos, Cibele Mateus e Patrícia Santos.

Figurinos e instalação cênica: Patrícia Santos.

Texto poético criado a partir das escritas dos cadernos de processos de Cristiane Santos e Cibele Mateus: Cibele Mateus.

Direção cênica: Cristiane Santos. 

...pela ultima vez ela saiu em busca de seu perfume, tomou chá e se vestiu de flor ...
um girassol nasceu bem aqui..." 

Nossa passagem por Ribeirão Pires no 12º ABCDança.

As Ruas são para Dançar!!!




































Fotos: Bárbara Moraes

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Como é a Cubatão que você habita? Quais histórias habitam você e a cidade?

Como é a Cubatão que você habita? Quais histórias habitam você e a cidade?
O projeto "Footfalls ou por onde caminha o mar?" convida a todos os moradores de Cubatão a participar da Ação nº1-Conte-me tuas histórias, onde estaremos escutando e recolhendo as histórias, lembranças, acontecimentos, causos, imaginários e experiencias dos habitantes da cidade.
O projeto “Footfalls ou por onde caminha o mar?”, é uma pesquisa de criação interlinguagens artísticas (artes visuais, audiovisual, dança, intervenção, música e teatro) a partir dos imaginários, memórias de habitantes e fatos históricos das cidades que compõem o Caminho do Mar Paulista (Santos, Cubatão, Santo André, São Bernardo do Campo e São Paulo).
O projeto contemplado pelo edital ProAc Artes Integradas 2016 resultado da parceria entre a Cia.As Marias e Panamérica Filmes, reúne um conjunto de ações artísticas que incluem pesquisa e a oficina Histórias de Nós, que será desenvolvida durante o período que o coletivo estiver na cidade.


terça-feira, 21 de março de 2017

Brevemente vamos aportar em Santos... Footfalls ou por onde caminha o Mar?

Como é a cidade que você habita? 
Quais histórias habitam você e a cidade? 
O mar percorre você? São essas e muitas outras as questões que irão permear os próximos passos desse caminho.
Com o apoio da Associação Cortiços Do Centro nosso projeto será acolhido pela comunidade corticeira da cidade de Santos para realização da Oficina "Histórias de Nós".
Nesta oficina os participantes serão orientados pelos artistas da CiaAs Marias e Panamérica Filmes, a experimentar diferentes modos de se relacionar com a cidade que habitam, partindo de uma sensibilização do corpo, a oficina será uma experiência coletiva envolvendo princípios do teatro, da dança, artes visuais e cinema, articulados aos temas memória, cidade e história pessoal. O resultado da mesma será uma intervenção artística para os espaços de passagem. A oficina é aberta a pessoas a partir dos 18 anos, interessados em geral, artistas e não-artistas, e tod@s que queiram trazer suas histórias e afetos para esta trama poética.
DATAS:25 e 26/03 e 01 e 02/04/2017.
HORA: 14hs às 17hs.
LOCAL:Padaria Comunitária - Sede Associação dos Cortiços do Centro.
Rua: Dr.Cochrane, 154- Paquetá- Santos/SP.




segunda-feira, 6 de março de 2017




 Bloco Maria Fuá – 7 anos de Folia 




Mais um ano chegou

7 anos de Fuá

Eu vim dar minha

De coração

Botar o Bloco na rua

Do Calux para o mundo afora


(Cibele Mateus – marchinha de 2017)


Sete anos de feitura do Bloco Maria Fuá! Confira como foi a nossa festa de obrigação com a tradição que se cria e se renova a cada ano.

23/03 - Fuá no Parque Imigrantes!


Este ano, pela primeira vez, a Fuá esteve no bairro Parque Imigrantes – bairro onde mora parte das integrantes deste maravilhoso Bloco de Carnaval.  A folia foi recebida na EMEB Paulo Morando de educação Infantil.



A escola enfeitou-se toda para receber a Maria Fuá, a criançada caprichou nas fantasias e os pais também entraram na dança. 




fotos: Cibele Mateus

Foi um dia fabuloso, de muita alegria, confete e serpentina!


24/03 - Maria Fuá, Coletivo Quebrada Ativa  e ONG Pró-Circo!
Mais que chuva foi aquela?
O mundo resolveu se acabar numa sexta-feira de carnaval?

Acaba não mundão

Acaba nãoooooooo!!!

Que a Fuá que brincar mais um montão

Junto com sua amiga Duda do Circo.


Não tem nada não! Um carnaval bem pulado vale pro ano todo, então... Logo mais faremos uma folia da boa na favela do sapo. Aguardem!!


25/03 - 7 Anos de Bloco Maria Fuá – 5 anos visitando sua Madrinha Caixeirosa!

Quem é essa menina

Esperta pra daná

Que pula, que pula, que pula

E não para de brincar

Iaiá, sua madrinha

Ela veio visitar

Nas Caixeirosas encontrou o seu lugar!

Ela é, ela é, ela é a Maria Fuá...

(Cristina Bueno e Inês Vianna – marchinha de 2013)

Chegamos a pensar que não iríamos visitar nossa madrinha este ano... Caixa das Marias quase zerado.... Caixeirosas sem apoio do Almanaque Cultural... 2016 não acabou...Estamos sentindo na pele o golpe de estado reverberando em todas as prefeituras das cidades. Retrocesso da democracia, intolerância a toda manifestação de alegria, cidade de São Paulo cinza, cortes nas verbas do carnaval de São Bernardo, burocracias absurdas para os Blocos de São Paulo e Campinas. Querem nos impedir de brincar! Querem nos impedir de ocupar e tomar as ruas que são nossas!

Vai pensando... A mulherada que está a frente destes dois blocos, não dão o braço a torcer não! Do lado de cá, corre pra buscar apoio de transporte e ensaiar no Parque Raphael Lazzuri para passar o chapéu e garantir o dinheiro dos confetes e serpentinas. Do lado de lá, das Caixeirosas, criam bazar com tudo que podem vender para poder pagar os músicos da banda e de quebra, conseguem além do esperado e alugam um micro ônibus para brincar com a Fuá no Calux!!! É a criatividade e a força feminina dando o recado de resistência. VAMOS BOTAR O BLOCO NA RUA!

Foto: Cíntia Mateus

Chegamos para trazer o sol!

Foto: Cíntia Mateus

Não pode faltar a Selfie!

Foto: Cíntia Mateus

Últimos retoques  nos figurinos...

Foto: Cíntia Mateus

Dona Regina sempre pronta!


Foto: Daniel de Almeida

FAMÍLIA MARIA FUÁ REUNIDA PRA PULAR NO CAIXEIROSAS!!!! 

Confiram o registro do fotógrafo Caixeiroso Daniel de Almeida

























26/03 - Festa de 7 anos do Bloco Maria Fuá!
De longe eu avistei

Os seus cabelos balançando

Lá vem Maria Fuá

Pelas ruas, vem encantando

Debaixo dos seus cabelos

Tem confete pra brincar o ano inteiro

Debaixo do seu Fuá

Por muitos anos ainda vou brincar

(Cibele Mateus - marchinha de 2015)

Um encantamento... As Ruas do Jardim Calux invadida pela alegria do carnaval. Maria Fuá recebendo sua madrinha Caixeirosa, que este ano trouxe a bonecada toda pra conhecer a casa de sua afilhada – Rosalinda, Belelinda, Nina Bailarina, A burrinha Aurelinda Maria e a nova integrante das Caixeirosas Jureminha. A Duda do Circo também estava lá com todo seu balancê. Festança de obrigação boa demais! Muitos amigos presenteando o Bloco Maria Fuá com presença e alegria.

Agradecemos imensamente todas pessoas que fazem o Bloco acontecer à 7 anos. Cia. As Marias - Cibele, Cris e Patrícia, convidando à todos pra sonhar juntos; Dona Maria – nossa força maior na recepção, cozinha, costura, carinho e genialidade; Silmara Mateus – miolo da Fuá e encantadora de criança; Isabela Mateus – no toque da caixa convidando os foliões para brincar; Rayra Maciel – Preta linda, parceira na percussão do bloco; Tati Santos – apoio dos foliões e bonecas; Pablo Mateus – nosso novo pequeno integrante na percussão; Família Mateus – Foliões de todos os anos; Maria Letícia – nova foliã do bloco, que ano que vem nos levará para o Rio de Janeiro; Henrique Ferrari – nos deu a maior força na apresentação do Imigrantes; Joyce Carina – a fotógrafa secreta (como diz Cristina), que eterniza o bloco por meio da fotografia.; ONG Pró Circo e Quebrada ativa – pela parceria de sempre nas quebradas. À todas e todos do Bloco Caixeirosas pela inspiração, parceria e força de sempre. Agradecemos também a Secretaria de educação e cultura de São Bernardo, que nos cedeu uma van e motorista para irmos à Barão Geraldo.  A toda comunidade do Calux por abrirem suas portas e janelas para ver o Bloco passar. A todos os foliões que já brincaram, os presentes e os que ainda virão. Gratidão.  

Que nossa força e resistência permita que brinquemos por muitos e muitos anos! 

Confiram o maravilhoso registro da fotógrafa Joyce Ramos: